drawing: projecto Archipelagos – aguarelas de arquitectura

Procura-se uma condição de arbitrariedade planeada onde uma ideia de arquitectura pode acontecer por reacção a algo informe, explorando o indefinido, a incerteza e o acaso. O ponto de partida para cada desenho é a criação de uma imagem abstracta, uma simples marca no papel obtida de modo deliberado mas casual, algo completamente livre e indeterminado que funciona como base para o desenvolvimento de uma interpretação. Nas fases seguintes dá-se uma acção organizadora e reveladora das possibilidades de arquitectura latentes nessas marcas iniciais. O resultado é a produção de uma iconografia arquitectónica indissociável do processo gráfico que a originou, obtendo-se um conjunto de formas e espaços onde coabitam tanto a estranheza como o reconhecível.

The work seeks to explore the potential of drawing as an instrument of architectural research. The starting point for each drawing is the creation of an abstract image, a simple mark in the paper, produced deliberately but casually, something completely free and indeterminate that serves as a base for the development of an interpretation. In the following stages there’s an action of organization and revelation of the latent architectural possibilities within these initial marks. The result is the production of an architectural iconography inseparable from the graphic process that led to it, thereby obtaining a set of shapes and spaces where cohabit both the strangeness as the recognizable.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s